Confira "Acertou a Mão", o novo clipe de Luan Santana

Após apostar no reggaeton em "Acordando o Prédio", o cantor que estourou com a música "Meteoro" em 2009, aposta em outro estilo diferente do sertanejo. 



Protagonizado pela atriz colombiana Laura Quintero, o clipe de "Acertou a Mão" foi gravado em Santa Marta, Colômbia e contou com a direção de Gil Green, conhecido por dirigir clipes de cantores como Akon e Jason Derulo. A música foi composta por Bruno Caliman e Rafa Torres e foi apresentada pela primeira vez em agosto no programa "Canta, Luan" que comemorava os 10 anos de carreira do cantor e o clipe foi lançado oficialmente no "Domingão Do Faustão", entrando nos assunto mais comentando do Twitter. 




Leia Mais ››

4 famosos que já morreram e talvez você não saiba!

Se tem uma coisa que não podemos evitar, essa coisa é a morte. Quando ela chega não tem conversa, você pode até dar um enrolada, mas quando ela te pega não há nem um super herói que possa te proteger. Pensando nisso separei 4 famos que já morreram e talvez você não sabia. 



1. Dana Plato
Conhecida por interpletar a personagem Kimberly Drummond na série Diff'rent Strokes (no BrasilBranco & Negro no Retro Channel, Minha Família é uma Bagunça na Nickelodeon e Arnold no SBT), morreu em 8 de maio de 1999 enquanto visitava a mãe. A atriz tomou uma dose de Lortab (medicamento para aliviar dores moderadas e severas) antes de tirar um cochilo e acabou nunca mais acordando. Dana tinha 34 anos quando foi encontrada morta e seu corpo foi cremado e suas cinzas jogadas no Oceano Pacífico. Quase 11 anos depois, em 6 de maio de 2010, Tyler Lambert, o filho da atriz cometeu suicido. Ele tinha 25 anos e morreu após dar um tiro de espingarda em sua cabeça. A avó de Tyler revelou que o neto estava ingerindo álcool e droga por volta da hora da morte, além de nunca ter superado a morte repentina da mãe.

Foto/Divulgação
2. Irán Eory
Com mais de 50 papéis no curriculo, a atriz que é mais conhecida no Brasil por suas personagens em EsmeraldaLa Usurpadora (no Brasil: A Usurpadora) e Maria la del Barrio (no Brasil: Maria do Bairro), morreu em 10 de fevereiro de 2002, ás 07h35 AM, aos 63 anos, após entrar em coma e sofrer um derrame cerebral. Dois dias antes a atriz desmaiou em sua casa e foi levada para o hospital. Seu corpo foi cremadoe suas cinzas foram jogadas juntas as de seu pai (falecido em 1989), no Panteón de las Lomas de Chapultepec, na Cidade do México.

Foto/Divulgação
3. Manuel Saval
Iniciou sua carreira aos 20 anos, herdando a paixão de atuar de sua mãe. Manuel Saval carrega por volta de 20 novelas em seu curriculo, sendo seus papéis em Caríta de Ángel (no Brasil: Carinho de Anjo), El Diário de Daniela (no Brasil:O Diário de Daniela)
e Sueños y Caramelos (no Brasil: Sonhos e Caramelo) os mais conhecidos pelo público brasileiro. O ator morreu aos 53 anos, em 23 de junho de 2009, após perder a batalha de dois anos contra um câncer de garganta.

Foto/Divulgação
4. Ricky Harris
Ficou conhecido entre 2006 e 2009 quando interpletou o personagem Malvo em Everboody Hater Chris (no Brasil: Todo Mundo Odeia O Chris), antes disso fez outros trabalhos como na série Bones e emprestou sua voz a diversos personagens no game
Grand Theft Auto: San Andreas (GTA San Andreas). Ricky morreu vitima de um ataque cardiáco em 26 de dezembro de 2016, aos 54 amos. Seu corpo foi enterrado 8 dias depois, em 3 de janeiro de 2017.

Foto/Divulgação


Leia Mais ››

Willian Levy revela o que o encanta em uma mulher

Ator é o garoto propaganda dos perfumes Magnat, a nova linha de fragância da Esika Belcorp.



Foto/Divulgação
Conhecido no Brasil por seus personagens em "Cuidado Com o Anjo" e "Sortilégio", Willian Levy arranca suspiros da mulherada pelos lugares onde passa. Embora seja muito conhecido graças as novelas mexicanas, Levy é cubano e começou sua carreira em telenovelas de Miami. Seu primeiro trabalho na TV foi no reality show "La Isla de la Tentacíon" e daí por diante o gato não parou mais.
Levy com certeza está no top10 (pelo menos no meu e acho que no de muitas pessoas também), dos atores mais lindo e sexys da atualidade. O galã arranca suspiro por onde passa e pergunta que não quer calar é "O QUE ENCANTA LEVY EM UMA MULHER"?



Foto/Reprodução: Instagram: willevy

"Na maioria das vezes que me entrevistam, sempre me questionam sobre, o que eu mais gosto em uma mulher?
Bom, eu queria contar que me encanta as mulheres que correm riscos em sua vida, que seguem seus instintos, que não se rendem por nada e sabem tomar as melhores decisões. FEMME MAGNAT, é o perfume que melhor representa o tipo de mulher que eu admiro, é o perfume para essas mulheres que o sucesso faz parte da vida", escreveu Willian Levy em seu perfil oficial no instagram.

Me digam nos comentários se você é o tipo de mulher que encantaria Willian Levy? 



















Leia Mais ››

Miley Cyrus fala sobre a pressão que sofria por ser Hannah Montana

Cantora concedeu uma entrevista ao programa CBS Sunday Morning e falou sobre como foi interpletar aquela que foi sua personagem mais famosa, tornando-a um ídolo em massa.


Miley Cyrus ficou conhecida após viver Miley Stewart, uma garota aparentemente comum, mas que na verdade é Hannah Montana, uma famosa popstar que apesar de ser muito nova já tem que lidar com as coisas boas e runs da fama. Decidida a continuar sua carreira, mas sem perder a chance de viver uma vida normal, a garota decide esconder sua verdadeira identidade, se metendo em muitas confusões para esconder seu grande segredo. 
Hannah Montana estreou na Disney Chanel em 24 de março de 2006 e foi exibida em mais de 15 países. A série foi um fenômeno e tal sucesso e responsabilidade acabaram meio que prejudicando a adolescência de Miley, que ao contrario de sua personagem, não podia esconder sua verdadeira identidade e assim viver uma vida comum. 
"Eu gostava de ser parte do universo da Disney, porque não conhecia nada diferente. Sabia que estava fazendo o que eu queria, mas agora que sou mais velha, me dou conta que era muita pressão colocar sobre uma garotinha", disse Miley Cyrus, referindo-se a pressão que sofria por ser Hannah Montana. 

Apesar de ver muitos pontos negativos nessa situação, Cyrus também é capaz de enxergar pontos positivos nessa etapa de sua vida que a fizeram crescer como pessoa. 

"Definitivamente vejo essa etapa como uma etapa positiva, foram bons tempos. O complicado era ligar com as duas partes de mim mesma, com o mundo real e a ficção, e foi ainda mais quando comecei a fazer shows como Hannah Montana e outros como eu mesma e minha música", declarou Cyrus.

A jovem de 24 anos que recentemente lançou "Younger Now", seu mais recente álbum em estudio, dois anos após o sucesso de seu polêmico álbum "Miley Cyrus & Her Dead Petz" aproveitou para falar também sobr sua relação com a música.


 "Me encantava ser Hannah Montana. Sinceramente a música é tudo, e todo o mundo quer disfrutar dela. Se damos a audiência boas músicas como foi o caso de Hannah Montana para as crianças, o show será bem sucedido. Havia uma canção 'Lifs What You Make It, So Lets Male It Rock" ('A Vida É O Que Você Faz, Então Vamos Esquecer Aquilo'). Nunca vou esquecer essa música, pois tem uma mensagem muito bonita e poderosa para as crianças, completou.




Leia Mais ››

Conheça a trajetória profissional de Daniela Aedo, a estrela da versão mexicana de "Carinha de Anjo"

Carita de Ángel (no Brasil: Carinha de Anjo) foi uma telenovela mexicana produzida por Nicandro Díaz para a Televisa e exibida orignalmente pelo Canal de las Estrellas de 19 de junho de 2000 á 16 de março de 2001, totalizando 175 capítulos. No Brasil a historia da peuqena Dulce Maria foi exibida pelo SBT entre 9 de julho de 2001 e 26 de fevereiro de 2002, no total de 199 capítulos. A trama foi reprisada pelo SBT um ano depois, entre 12 de maio de 2003 e 2 de fevereiro de 2004, totalizando dessa vez 170 capítulos.

Propaganda e "Plaza Sésamo"


Quando tinha 4 anos, em 1999, Aedo começou sua carreira na televisão. Primeiramente fazendo campanhas de comida, companhia de viagem e outros. Logo depois surgiram testes para integrar o elenco do programa "Plaza Sésamo" e ela tinha muita vontade de participar, pois queria conhecer Lola. Como era de se esperar a pequena Daniela conseguiu o que queria e entrou em "Plaza Sésamo" antes de tudo como extra, desenhando ou tocando no fundo. Aos poucos foi ganhando cenas e papéis mais importante.


Carta de Ángel 

Em 2000 Daniela Aedo participou de um casting para estreiar a nova novela produzida por Nicandro Díaz para a Televisa. Aedo interpletou a pequena Dulce Maria Lários, uma garotinha de 5 anos que perdeu a mãe um ano antes. Após perder a esposa, Lucian (Miguel de León) afundou-se em depressão e resolveu sair em viagem pelo mundo, deixando a filha interna em um colégio interno e aos cuidados do irmão, Padre Gabriel (Manuel Sava) e da prima, a irrevelente e alegre Estêfania (Nora Salinas), carinhosamente apelidade de Tia Perucas por Dulce Maria. Apesar da dor de ter perdido a mãe e de uma certa forma o pai tão cedo, Dulce Maria é uma garotinha alegre e querida por todos, menos por Bárbara (Andrea Soberón) e Frida (Andrea Soberón) que invejavam a atenção recebida por Dulce e faziam de tudo para fazer a vida da carinha de anjo um verdadeiro inferno. No colégio a pequena contava com o carinho de todas as freiras, em especial de duas noviças, a gulosa Irmã Fabiana (Adriana Acosta) e a doce e sensível Irmã Cecília, que sempre se metiam em confusão para ajuda-la. Além disso ela contava com os conselhos da falecida mãe, Angélica (Marisol Santacruz) que sempre que a pequena precisava aparecia no quartinho velho do colégio em forma de fantasma e aconselhava a filha.
A novela tratava-se de "Carita de Ángel), um remake da também mexicana "Mundo Juguete", produzida para a Telvisa em 1974 por Valentín Pimstein e protogonizada por Graciela Mauri, Ricardo Blume, Sara Garcia, Irma Lozano e Iran Eory. 


Foto/Divulgação

Atrévete a Olvidarme

Em 2001, fez uma participação especial em "Atrévete a Olvidarme", telenovela produzida por Roberto Hernández Várquez para a Televisa. Na trama Daniela Aedo interpletou a protogonista Andrea Rosales na primeira fase da novela. Na segunda fase a novela foi protogonizada por Adriana Fonseca e Jorge Salinas. 

Foto/Divulgação


¡Vivan los niños!

Já em 2002, a pequena Daniela Aedo participou de sua segunda telenovela infantil, chamada "¡Vivan los niños!", atuando como Marisol Luna, uma garotinha brincalhona, que aprontava muitas travessuras. Embora fosse meio travessa, Marisol tinha um grande coração. 

Foto/Divulgação
Contra Viento y Marea

Em 2005 fez mais uma participação, dessa vez na telenovela "Contra Viento y Marea", produzida por Nicandro Díaz para a Televisa. Na trama Daniela mais uma vez interpletou a personagem de Adriana Fonseca, a pequena Sandra na primeira fase da novela. 

Foto/Divulgação
Mi Pecado 

Depois de um longo periodo longe dos olofortes, Daniela Aedo voltou as novelas mais uma vez como participação especial, tratave-se de "Mi Pecado", trama produzida por Juan Osorio para a Televisa. Daniela interpletou Lucrécia Córdoba, uma menina doce e bondosa que sofria com o desprezo da mãe que sempre demonstrava preferência por seu irmãozinho mais novo. A ex RBD Maite Perroni interpletou Lucrécia na segunda fase da novela. 

Foto/Divulgação
Dedicação ao estudos e música 


Em 2009 Daniela decidiu mais uma vez afastar-se dos olofortes, pois ao lado dos pais decidiu que estudar e atuar ao mesmo tempo não daria certo. No mesmo ano Aedo começou a ter aulas de guitarra e isso tornou-se seu passo tempo preferido enquanto termina os estudos. Porém o passa tempo virou paixão e a jovem na época com 14 anos resolveu dedicar-se a música, realizando mais tarde concertos.

Canal no Youtube 

Para a surpresa dos fãs que sempre acompanhavam a atriz, em 2017 Daniela Aedo se rendeu a magia da internet e finalmente criou seu canal no Youtube, onde fala sobre sua vida, posta suas músicas e é claro, fala sobre suas novelas, principalmente "Carita de Ángel", que marcou tanto a sua e a vida de toda uma geração. Confira o canal ofical de Daniela Aedo aqui e abaixo uma foto mais recente da atriz, cantora, guitarrista e agora Youtuber.

Foto/Reprodução: Instagram @danaedo

Gostou de conhecer a trajetória profissional de Daniela Aedo, a eterna "Carinha de Anjo"? Então mosntre esse post para todos que curtem a novela e é claro, me digam aí nos comentários com quem querem o próximo "Conheça a Trajetória". 



Leia Mais ››

Quase dez anos após Lalola, Luciano Castro e Carla Peterson podem trabalhar juntos em nova comédia

A produtora Underground está tentando convencer Luciano Castro a ser o par romântico de Carla Peterson em "Cien Días Para Enamorarse", a nova comédia do horário nobre da Telefé 2018.


Produzida pela América TV, "Lalola" foi uma novela argentina exibida originalmente de 28 de agosto de 2007 e 29 de abril de 2008. A trama contava historia de Lalo Padilla, um arrogante diretor de uma renovada revista, que após partir o coração de mais uma de suas amantes, é vitima de um feitiço e ao acordar descobre que seu corpo havia sido trocado por de uma mulher. 


Segundo o que diz a empresa medidora de Ibope.2, a comédia "Lalola" foi o programa com mais audiência já produzido no canal América TV. O formato foi vendido para outros quarenta países, entre eles Filipinas, Colômbia, México, El Salvador, Espanha, Chile, França e Russia. 
No Brasil a trama foi exibida pelo SBT e chegou a obter uma média de 11 pontos, mantendo-se em segundo lugar e aumentando a audiência da emissora que antes no mesmo horário exibia Chiquititas 2000, que marcava a média de 7 pontos. 

Quase dez após protagonizarem "Lalola", Luciano Castro e Carla Peterson podem voltar a trabalhar juntos e o melhor, como casal. Isso porque a produtora Underground está trabalhando em uma nova comédia romântica para o primeiro horário da Telefé 2018, que se chamará "Cien Días Para Enamorarse" e estão tentando convencer Luciano Castro a ser o par de Carla Peterson na trama. 








Leia Mais ››

Jaime Camil voltará a se vestir de mulher em "Jane The Virgin"

Caractererização do ator lembrará muito a mesma usada por ele em "Por Ela Sou Eva".



Você se lembra de "Por Ela Sou Eva"? A novela contava a historia de João Carlos Caballero (Jaime Camil), um prepotente executivo do Grupo Império, uma empresa dedicada ás atividades e negócios turísticos. João não acredita no amor e por isso trata as mulheres como brinquedo, a seduzindo-as e depois descartando-as como se não valessem mais nada. Aproveitando de seu charme, o executivo finge ser um empresário estrangeiro e tentar roubar de Helena Moreno (Lucero), uma empreendemora mãe solteira seu projeto inovador de um desenvolvimento turístico para uma praia mexicana. Porém o que o conquistador não esperava era que ao conviver com essa forte e batalhadora mulher, um novo sentimento nasceria em seu coração indo contra tudo aquilo que ele sempre acreditou. Quando pensa em contar toda a verdade a amada é descoberto por ela, além de ser acusado injustamente de um crime que não cometeu. Ao fugir da policia o carro de João cai do penhasco e ele é dado como morto. É aí que o executivo tem a ideia voltar e provar sua inocência e recuperar o amor de Helena. Mas como ele faria isso se estava sendo procurado pelo policia? Depois de muito esforço João Carlos decide se vestir de Eva, aprendendo assim uma lição que mudará para sempre sua visão da vida e sua persepção das mulheres, o tornando assim, um homem integro, podendo finalmente se entregar ao verdadeiro amor. 

A engraçada e desengonçada Eva Maria León Jeramillo Viúva de Zuluaga é um dos papéis mais aclamados de Jaime Camil e após 5 anos depois do fim da novela, o ator voltará a interpletar uma mulher, mas dessa vez na série produzida pelo The CW, "Jane The Virgin", onde ele vive Rogério de la Vega, um famoso ator de novelas mexicanas. Embora a caraceteização e o jeito da personagem lembre muito o de Eva, o nome usado para a personagem da série foi Judy. Confira uma prévia do episódio da série abaixo:













Leia Mais ››

InFan Online Entrevista - Felipe Dylon

Se você, assim como eu, viveu sua infância ou adolescência nos anos 2000, com certeza se lembra e provavelmente era apaixonada por Felipe Dylon.  Como dizem por aí, o primeiro crush a gente nunca esquece.
Catorze anos após o sucesso, Felipe Dylon chegou a dar uma sumida (para a tristeza dos fãs), mas para a NOSSA ALEGRIA, de alguns anos pra cá, o gato voltou a aparecer e dessa vez com muitas novidades. 


Foto/Divulgação


Filho da atriz e bailarina,  Maria Lúcia Priolli, com o surtista, guitarrista e produtor, Luiz Felipe Dylon, Felipe Priolli Dylon ou simplesmente, Felipe Dylon, é um cantor, compositor, apresentador e ator brasileiro que ficou muito conhecido em 2003, após assinar contrato com a gravadora "Emi Music" e gravar o seu primeiro álbum, o homônimo "Felipe Dylon", de onde foram retirados seus singles de maiores sucesso, "Deixa Disso" e "Musa de Verão", vendendo ao todo 120 mil cópias. Já 2004 gravou seu segundo álbum, "Amor de Verão", ganhando o certificado de platina pelas 170 mil cópias vendidas. No mesmo ano Felipe lançou seu primeiro DVD e álbum ao vivo, intitulado "Felipe Dylon - Nas Internas". Dois anos após isso, em 2006, o cantor lançou "Em Outra Direção", seu terceiro álbum em estúdio, onde trouxe uma sonoridade diferente de seus dois últimos álbuns, mesclando o pop com o reggae. Nesse ano Felipe começou as pesquisas para o seu quarto álbum, “O Que Faltava em Mim”, lançado em 2012 nas plataformas exclusivamente nas plataformas digitais. Ainda em 2006, Dylon realizou alguns trabalhos como ator, além de viajar fazendo show pelo interior do Brasil. No mesmo ano Felipe Dylon viajou para a Califórnia, onde estudou música. 




Confira a entrevista concedida pelo cantor exclusivamente aqui para o blog:




InFan Online: Não dá para falar em Felipe Dylon sem mencionar o fato de todas as meninas dos anos 2000 (inclusive a dona desse blog) serem apaixonadas por você. Naquela época você tinha a real noção do sucesso que fazia com as garotas ou o que realmente te importava era fazer a sua música? Em que momento você realmente percebeu que estava fazendo sucesso?

Felipe Dylon: Sempre tive um foco na música sem dúvida, eu tinha noção que as garotas gostavam do meu trabalho, mas eu queria fazer boa música para que elas gostassem de ouvir, aliás, para que todos gostassem os garotos também. Eu percebi que estava fazendo sucesso quando começaram as tardes de autógrafos, ficavam muito cheias e era bem agitado.
Acredito que todas essas coisas foram muito importantes para esse novo momento do meu trabalho, as apresentações que nós estamos fazendo estão sendo maravilhosas e estamos mandando bem nesse momento. Temos graças à Deus uma aceitação muito grande com o público em geral. As canções evoluíram com o passar do tempo, hoje o nosso show está bem mais maduro e acredito sim que temos capacidade de entender e aceitar essa nova fase. Tenho esperança que teremos muitos eventos para frente.  Nosso potencial maior está nas canções românticas! 

InFan Online: Quem foi sua musa inspiradora no hit “Musa do Verão”?

Felipe Dylon: Na verdade não fui eu que compus “Musa do Verão”, foi o meu querido Cesar Lemos, fui apenas o interprete. Não teve uma musa inspiradora. Esta canção sim foi dedicada a todas as fãs que sempre admiraram meu trabalho, para mim todas são as musas.
Vou te falar, estamos numa fase muito legal, pois os shows estão muito redondos, nossa musicalidade alcançou um nível muito bom e hoje com as redes sociais, temos uma facilidade maior de proliferar o nosso trabalho. Acredito que nossa sonoridade está muito melhor, e que nosso padrão de qualidade evoluiu. Te digo isso porque essa busca pela evolução do trabalho, começou desde o período em que passamos quase um ano em estúdio gravando nosso quarto CD “O Que “Faltava em Mim” e já na sequência pegamos um bom ritmo de estrada, sempre estudando e buscando esta evolução musical.

InFan Online: Tanto em “Deixa Disso” quanto em “Mais Perto de Mim”, você canta a história de um garoto que é apaixonado por uma menina, mas ela não dá a mínima pra ele. Mesmo com todo o sucesso que você fez naquela época ou em algum momento da sua vida você se apaixonou e a pessoa não dava a mínima para os seus sentimentos e estavam longe de querer dar uma chance de te conhecer?

Felipe Dylon: Olha você sabe comecei na música muito cedo com 16 anos já rodava todo País trabalhando, mas como todo mundo, já tive minhas desilusões amorosas. Mas nunca desanimei, sempre de cabeça erguida, trabalhando bastante, shows no exterior, muitos shows no Brasil, portanto, você sabe, temos que honrar o compromisso e focar no trabalho; se rolou uma desilusão amorosa ou alguma coisa assim, o foco é no trabalho, atenção na carreira, que logo esse problema se torna imperceptível.

InFan Online: Você começou muito cedo, com apenas 16 anos você já estava dominando as rádios e indo na maioria dos programas de TV. A primeira vez que você ouviu a sua música tocar na rádio, onde você estava? Fale sobre a sensação que você sentiu naquele momento.

Felipe Dylon: Estava no carro com meu pai, passando em frente ao “Gero Restaurante” do meu amigo Luciano Huck, quando ouvi minha canção tocando pela primeira vez na rádio “Jovem Pan”. Poxa, a sensação foi incrível, fiquei totalmente sem acreditar. Fiquei muito feliz, muito feliz mesmo, pois estava muito otimista naquele momento de lançamento e tinha muito o apoio dos meus amigos, familiares. A galera da gravadora naquele momento estava também confiante com o inicio dos trabalhos, “Deixa Disso” bombom e na sequência com o lançamento de “Musa Do Verão”, as coisas começaram a tomar corpo de verdade.




InFan Online: O que o Felipe Dylon de 2003 e o Felipe Dylon de 2017 diriam uma para o outro se por acaso eles se encontrassem?

Felipe Dylon: Olha trocariam muita informação desse tempo de estrada, de 14 anos de carreira, acho que tudo aconteceu na hora certa, todo esse processo que se tem de viagens de shows, são muitas experiências boas vividas, de parcerias musicais, coisas assim inacreditáveis sabe, que seria assim muito bom compartilhar, momentos no palco, interpretações incríveis, das canções do repertório, então acho que foi muita coisa legal, que seria muito legal compartilhar.

InFan Online: Você tem um jeito tão calmo, que por mais que eu tente, não consigo te imaginar nervoso. O que te faz perder a paciência?

Felipe Dylon: Nada, sempre fui uma pessoa muito tranquila mesmo, nunca deixei me abater sabe, por alguma crítica negativa, ou algo do tipo e como estou falando aqui pra você, minha carreira é o foco principal, desde que comecei e assinei meu primeiro contrato com a EMI, tudo fluiu da forma mais bacana possível. Eu acho também que o carinho que sempre dedicamos a esse trabalho, sempre foi muito importante, e aí é: curtir essa oportunidade, aproveitar as chances que são dadas e bola pra frente.

InFan Online:  Você regravou a música “Ciúmes de Você” que foi sucesso na voz de Roberto Carlos. Como foi regravar uma música que foi sucesso na voz do rei? E qual é o seu nível de ciúmes comparado com a letra da canção?

Felipe Dylon: Sou muito tranquilo com esse lance de ciúmes, e pra mim foi uma grande honra regravar “Ciúme de Você” de Luiz Ayrão, canção que ficou famosa na voz do meu querido Roberto Carlos. O arranjo ficou bem legal, meu vocal encaixou muito bem, e aí ela começou a funcionar muito bem nos shows também, nas apresentações ela ficava ainda mais energética do que no áudio do estúdio.
Nesta Tour 2017, quando canto “Ciúmes de Você”, a galera vibra, está muito legal, e vamos que vamos, nova fase, novo momento. Acredito bastante que daqui pra frente só coisas boas acontecerão.

InFan Online: Deixando a música um pouco (mas nem tanto) de lado, no clipe de “Deixa Disso”, você aparece surfando e meio que se exibindo para chamar a atenção da “crush”. Você recorda da primeira grande onda da sua vida?

Felipe Dylon: Assim, o surf é um esporte que sempre me fez muito bem e acho que a primeira grande onda foi no Arpoador. Acho que exercícios físicos são muito importantes para o condicionamento físico, isso influencia no trabalho e as coisas acontecem de uma maneira mais vibe. Tenho focado nisso para cada vez mais, para melhorar minha performance.

InFan OnlineVocê teve a honra de gravar com grandes nomes da música. Se você pudesse escolher um desses novos nomes que estão surgindo no cenário musical ou algum outro,  para regravar com você um de seus maiores hits, qual você escolheria? E qual das novas músicas que fazem sucesso atualmente, você regravaria?

Felipe Dylon: Sim gostaria de regravar quem sabe “Musa do Verão” junto com o Rogério Flausino (vocalista do Jota Quest), ficaria bem legal essa parceria e agregaria bastante à minha carreira. Sucesso de outros artistas, que admiro muito, regravaria “Lilás” do Djavan.

InFan Online: Na música “Pura Pressão”, você canta a história de um garoto que tinha uma vida normal como todo adolescente, e ainda sofria a pressão da escola. Você estourou muito cedo, então imagino que a sua vida era de fato “Pura Pressão”. Como era a sua vida na escola antes e depois do sucesso?
Felipe Dylon: Assim, não mudou muita coisa, pois eu já era músico, tinha uma bandinha de escola, nós fazíamos shows e tals. O que mudou foi que começar a ter muitos compromissos, muitos eventos mesmo, acabou que fiquei sem tempo para mais nada. Mas nunca deixei que isso me influenciasse  de forma negativa, sempre tentando conciliar o estudo e o trabalho; sempre com um foco muito grande a atenção para que tudo desse certo.

InFan Online: O que podemos esperar de seus novos projetos? Existe a possibilidade de rolar alguma regravação de alguns de seus hits?

Felipe Dylon: Regravação não, tá mais para a gente gravar um single novo pra galera. Nosso mais novo single “Meu Verdadeiro Amor” está sendo muito bem comentando, e isso me deixa muito feliz.

InFan OnlineUm dos primeiros programas que me lembro de ter te visto pela primeira vez foi o “Domingão do Faustão”, até chegou a participar de um dos quadros mais importante não só da Globo, mas também de toda TV brasileira, o “Dança dos Famosos”. E recentemente, você gravou a vinheta do “Dança dos Famosos 2017”, como foi a experiência de ter participado do quadro, e claro, ter gravado a vinheta da temporada desse ano.

Felipe Dylon: Foi muito legal para mim ter participado do “Dança dos Famosos” em 2005, e gravar a vinheta de abertura, onde participam todos os que já participaram, foi muito legal. Estavam todos lá e rolou uma vibe sensacional na gravação.

InFan Online: Qual é o seu maior sonho profissional e pessoal atualmente?

Felipe Dylon: Concluir essa tour 2017 da forma mais legal possível e ter felicidade na vida pessoal.




InFan Online: Uma coisa que pude notar em você tanto em 2003 quanto atualmente, é que mesmo com todo o sucesso feito, você nunca perdeu a sua humildade e não deixou a fama subir a cabeça. Qual é a importância que os fãs e as pessoas que mesmo depois de tanto tempo ainda continuam seguindo e torcendo pelo seu trabalho? Deixe uma mensagem para todos seus fãs que vão ler essa entrevista.


Felipe Dylon: A importância dessas pessoas na minha vida realmente é muito significativa porque sempre me deram todo o apoio e suporte necessário para manter minha carreira ao longo destes anos. Um beijo grande para todos vocês agradeço de coração por todo esse carinho e apoio ao meu trabalho. Sempre estarei pensando em vocês e me inspirando a fazer ótimas canções, ótimos shows para que sempre fiquem alegres. Muito obrigado muitos beijos e abraços para todos. Valeu.

Foto/Divulgação: www.facebook.com/FelipeDylonOficial

Espero que tenham gostado dessa entrevista tanto quanto eu amei faze-la. Aproveitem seguirem Felipe Dylon nas redes sociais e ficarem ligadinhos nas novidades do cantor


Escute o mais novo single de Felipe Dylon, "Meu Verdadeiro Amor":


Leia Mais ››